Buscar
  • fernandomeligeni

Um espetacular que pouco movimenta ou emociona

.


Ser um atleta de ponta é muito difícil, ser 1 do mundo é para gênios e geniais.


Novak Djokovic é isso e muito mais. Com números absurdos, por momentos imbatível, anos e mais anos mostrando um nível absurdo.


Mesmo com todo esse currículo o sérvio não encanta aos fãs. Não cria sua legião de protetores. Sua idolatria. Há anos como a terceira cara do tênis pode conseguir no futuro ser mais e melhor que Nadal e Federer mas parece que nem se conseguir esse feito será o maior, o Mais querido ou a referência. Sempre será o terceiro.


Diferentemente da música do Ultraje a Rigor ele QUER ser o maior, não quer ser o terceiro.

Mas se for o melhor será em números, não em tamanho.


Mas Pq?


Deixo pra vocês a resposta.

Minha versão não é dura e muitos podem não gostar. Muitos fãs não acreditam nele 100%. Carisma vem de dentro pra fora, não de fora pra dentro.

15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Djokovic volta a atacar

No dia em que completa 35 títulos de Master 1000 e continua invicto no ano, Novak Djokovic coloca fogo no circuito liderando a divisão tenistica e querendo uma nova entidade. Posso escrever aqui como

O curso está pronto. Play?

Foram quase dois anos engajado em fazer o curso acontecer. Muitas idas e vindas, estudo, reuniões, colaboradores, alegrias, discussões, horas em quadra, sol na cabeça, conversa com técnicos de tênis,